siga-nos: | cadastre-se | login | contato

Festival de Cannes

Guia







Ganhadores
Indicados

Local

Cannes, França

Informações

Palma de Ouro

A Palma de Ouro (Palme d'Or) é o prêmio de maior prestígio do Festival de Cinema de Cannes, entregue desde o ano de 1955 ao filme vencedor do Festival. A escolha anual é feita por um júri composto de profissionais internacionais ligados ao cinema, entre filmes inscritos de diversas partes do mundo, e se realiza durante o mês de maio na cidade de Cannes, na Côte d'Azur francesa.

Alguns dos mais notáveis diretores da história do cinema já tiveram seus filmes premiados em oportunidades diferentes, entre eles Federico Fellini, Luchino Visconti, Francis Ford Coppola, Mike Leigh, Claude Lelouch, Akira Kurosawa e Roman Polanski.

Sendo um dos mais importantes e prestigiados prêmios de cinema do mundo - cujo desenho atual foi feito pela designer Caroline Scheufele-Gruosi e é usado desde 1997 - a Palma de Ouro foi conquistada pela primeira vez pelo filme norte-americano "Marty", de Delbert Mann, e desde então só não foi entregue entre os anos de 1964 e 1974, quando foi substituída pelo Grand Prix, prêmio que era anteriormente dado em Cannes até 1954 e que ainda hoje é outorgado aos filmes que são premiados com um simbólico segundo lugar, com o nome de Grand Prix du Juri.

No ano de 1968, quando uma onda de distúrbios estudantis eclodiu por toda a França, o Festival foi cancelado. Assim, apenas os filmes premiados entre 1955 e 1963 e de 1975 aos dias de hoje são considerados oficialmente como vencedores da Palma de Ouro.

Site Oficial

www.festival-cannes.fr

Prêmios

Longa-metragens da competição oficial:
* Palma de Ouro (Palme d'Or)
* Grande Prêmio (Grand Prix)
* Prêmio de interpretação feminina (Prix d'interprétation féminine)
* Prêmio de interpretação masculina (Prix d'interprétation masculine)
* Prêmio de adaptação (Prix de la mise en scène)
* Prêmio de cenário (Prix du scénario)
* Prêmio do Júri (Prix du jury)

Curta-metragens da competição oficial :
* Palma de ouro do curta-metragem (Palme d'or du court métrage)
* Prêmio do júri (Prix du jury du court métrage)

Seleção oficial (competição e Un certain regard)
Quinzena dos diretores e a Semana da crítica:
* Câmera de Ouro (Caméra d'Or)

Seções do Festival de Cannes

Seleção oficial:
* Longa-metragens em competição (Longs métrages en compétition)
* Longa-metragens fora de competição (Longs métrages hors compétition)
* Um certo olhar (Un certain regard)
* Curta-metragens em competição (Courts métrages en compétition)
* Cine-fundação (Cinéfondation)

As seções paralelas:
* Semana da crítica (La Semaine de la critique)
* Quinzena dos diretores (La Quinzaine des réalisateurs)

Histórico

O Festival Internacional de Cinema de Cannes (Festival International du Film de Cannes ou Festival de Cannes) é o mais prestigiado e famoso festival de cinema do mundo. Ele acontece todos os anos no mês de maio, na cidade francesa de Cannes. O "Mercado do Filme" (Marché du Film) acontece paralelamente ao festival.

No final dos anos 1930, chocado pela ingerência dos governos fascistas alemão e italiano na seleção dos filmes da Mostra de Veneza, Jean Zay, ministro da Instrução pública e de Belas Artes, propõe a criação, em Cannes, de um festival cinematográfico de nível internacional. Em junho de 1939, Louis Lumière aceita ser o presidente da primeira edição do festival, que deveria acontecer de 1 a 30 de setembro. A declaração de guerra da França e do Reino Unido à Alemanha em 3 de setembro põe fim prematuramente a essa decisão, apesar de o prêmio ter sido atribuído a Union Pacific, de Cecil B. DeMille.

A primeira edição do festival aconteceu realmente em 1946. O festival não realizou as edições de 1948 e 1950 por problemas financeiros. Em 1955, foi introduzida pelo comitê organizador a Palma de Ouro como prêmio principal do evento - antes desta data, ele era conhecido como Grand Prix du Festival International du Film.

O festival de 1968 foi interrompido em 19 de maio. Na véspera, Louis Malle, demissionário do júri, François Truffaut, Claude Berri, Jean-Gabriel Albicocco, Claude Lelouch, Roman Polanski e Jean-Luc Godard, ao penetrarem na grande sala do Palácio, haviam exigido a interrupção da projeção em solidariedade aos operários e estudantes em greve.

A edição de 2006 teve júri presidido pelo cineasta chinês Kar Wai Wong. O prêmio principal, esperado para o mexicano Alejandro González Iñárritu (que ganhou o troféu como melhor diretor por "Babel"), acabou saindo para o realizador inglês Ken Loach, com "Ventos da Liberdade". Com isso, o Reino Unido empata em quantidade de Palma de Ouro com a França (nove). Um dos destaques do evento foi o longa português "Juventude em Marcha", de Pedro Costa.