siga-nos: | cadastre-se | login | contato

Oscar®

Guia







Ganhadores
Indicados

Local

Los Angeles, Califórnia

Site Oficial

www.oscars.org

Prêmios

Oscar
Honorary Award
Juvenile Award
Special Achievement Award
Medal of Commendation
Award of Commendation
Special Commendation
Irving G. Thalberg Memorial Award
Jean Hersholt Humanitarian Award
Academy Award of Merit
Scientific and Engineering Award
Technical Achievement Award
Gordon E. Sawyer Award

Histórico

And the Oscar goes to...

O cinema ainda era um jovem de 32 anos quando foi fundada a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, em 19 de março de 1927 - no dia 4 de maio a Academia tornou-se uma entidade legal. A proposta, que tinha como objetivo incentivar a produção de obras de qualidade técnica e artística, partiu de Louis B. Meyer, o presidente da então poderosa Metro-Goldwyn-Mayer. Tratava-se de uma idéia antiga e que há muito fazia parte das discussões e dos sonhos daqueles que circulavam nos estúdios em Los Angeles. Mais pela vaidade das estrelas e dos chefões de Hollywood, e menos pelo fator sociológico que o prêmio poderia ter na História do cinema. Seria impossível imaginar, na época, que o prêmio se tornaria o mais importante do mundo.

Os primeiros ganhadores foram anunciados em fevereiro de 1929, mas os prêmios só vieram a ser entregues no dia 16 de maio, durante um jantar no salão Blossom do Hotel Roosevelt de Los Angeles. Naquele ano, foram premiadas as categorias de melhor filme, diretor, ator e atriz, fotografia, direção de arte e história. O ator Douglas Fairbanks, presidente da Academia, não levou mais do que cinco minutos para anunciar os vencedores. Coincidentemente ou não, Fairbanks e sua mulher, a também atriz Mary Pickford, eram os proprietários do Hotel Roosevelt.

A ESTATUETA

Durante os quatro primeiros anos da cerimônia a estatueta não tinha nome. Era chamada apenas "The Academy Awards of Merit" - na verdade o título oficial até hoje. O nome Oscar surgiu em 1931 e já na entrega dos prêmios em 1932 foi utilizado informalmente. Mas há também pelo menos três histórias sobre esse batismo. A mais conhecida e divulgada é aquela em que a bibliotecária Margaret Herrick - e mais tarde secretária executiva da Academia -, em seu primeiro dia de trabalho, olhou para a estatueta e disse: "Ele se parece com meu tio Oscar (Pierce)..." Sidney Skolsky, um influente crítico de cinema em Hollywood, teria ouvido a frase e a publicado. Já a atriz Bette Davis durante muitos anos afirmou que ela era a madrinha do Oscar, por sustentar que a estátua se parecia com as costas de seu então marido, Harmon Oscar Nelson.

Outra possibilidade é que o próprio Sidney Skolsky teria sugerido o nome à Academia, com a intenção de humanizar o prêmio. Assim recordou-se dos espetáculos de vaudeville, em que os comediantes sempre brincavam com os regentes de orquestra dizendo "Você tem um charuto, Oscar?" Consta que a primeira vez em que Skolsky se referiu ao prêmio como Oscar foi após a cerimônia de 1934, quando escreveu em sua coluna num jornal: "Katherine Hepburn recebeu o Oscar por sua atuação como Eve Lovelace em ''Manhã de Glória'' (Morning Glory)".

A estatueta do Oscar, entregue anualmente aos melhores do cinema, tem apenas 34 centímetros de altura e pesa 3,850 gramas. A estrutura é confeccionada a partir de uma composição de 92,5% de estanho e 7,5% de cobre, e é banhada em platina e ouro de 14 quilates. De 1941 a 1945, em função da 2ª Guerra Mundial, a estatueta passou a ser moldada em gesso para se evitar o gasto inadequado com metal.

A imagem mostra um homem forte, uma espécie de guerreiro, segurando uma longa espada sobre um rolo de filme. O autor da estatueta foi Cedric Gibbons, importante diretor de arte da Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), tendo sido esculpida pelo escultor George Stanley. O próprio Gibbons, que conta a história fez o primeiro esboço do Oscar num guardanapo da tradicional boate Brown Derby, em Los Angeles, foi indicado 40 vezes para o prêmio e recebeu onze estatuetas em toda a sua carreira. A partir de 1949, a Academia decidiu numerar os Oscars para se evitar falsificações. O primeiro número, escolhido aleatoriamente, foi o 501.

* Por Marcos Petrucelli
Diretor do e-Pipoca

Veja também:
- A História do Brasil no Oscar
- Estatísticas
- Veja as fotos do Oscar

"ACADEMY AWARDS®", "OSCAR®" e a "figura da estatueta do OSCAR®" são marcas registradas em nome da ACADEMY OF MOTION PICTURES ARTS AND SCIENCES (A.M.P.A.S.®). A A.M.P.A.S.® possui todos os direitos autorais sobre a figura da estatueta do OSCAR® disponibilizada neste website. Este website não é afiliado ou de qualquer forma patrocinado pela A.M.P.A.S.®