siga-nos: | cadastre-se | login | contato

21/05/2007 07:01

BO EUA - "Shrek Terceiro" estréia em primeiro, bate recorde de US$ 122 mi e desbanca "Homem-Aranha 3"

da Redação

O novo filme da DreamWorks Animation SKG, "Shrek Terceiro", estreou nos Estados Unidos batendo recorde de bilheteria. A animação que traz de volta o Ogro verde e sua amada Fiona fez US$ 122 milhões nos três primeiro dias de exibição, estabelecendo assim um novo recorde para o gênero num final de semana. Uma abertura positiva era esperada, mas o resultado ultrapasou as expectativas. De acordo com a DreamWorks, "Shrek Terceiro" tornou-se a terceira maior abertura de todos os tempos. O recorde também indica que este é o melhor resultado numa estréia para o distribuidor Paramount Pictures.

De quebra, a animação tomou o primeiro lugar do ranking que há duas semanas estava em poder de "Homem-Aranha 3". Segundo alguns analistas de mercado em Hollywood, a idéia era a de que "Shrek Terceiro" arrecadasse algo em torno de US$ 80 milhões e US$ 110 milhões. Outros contavam com o sucesso, sim, mas apostavam que a animação não ultrapassaria os US$ 108 milhões conquistados com "Shrek 2" - que estreou nos Estados Unidos em 19 de maio de 2004 e foi a maior abertura num final de semana em todos os tempos.

"Homem-Aranha 3", da Sony, agora ocupa o segundo posto do ranking. Em sua terceira semana de exibição, o filme arrecadou US$ 28,5 milhões e já acumula US$ 281,8 milhões apenas no mercado norte-americano. Mesmo com a queda, a terceira aventura do aracnídeo ainda detém o título da maior abertura de todos os tempos (US$ 151,1 mi), seguido de "Piratas do Caribe 2 - O Baú da Morte", que arrecadou US$ 135,6 milhões na estréia (em 7 de julho de 2006).


Outros resultados

A ficção "Extermínio 2", distribuída pela 20th Century Fox, caiu uma posição em relação à semana anterior, ficando agora no terceiro lugar do ranking. O filme arrecadou US$ 5,1 milhões. A história dá continuidade aos eventos do primeiro filme, quando a Inglaterra mergulha no caos por causa de uma epidemia e terá de contar com a ajuda de tropas especiais americanas.

"Paranóia", lançado pela Paramount Pictures, manteve-se na quarta posição em sua sexta semana e arrecadou mais US$ 3,7 milhões. O suspense conta como o jovem Shia LaBeouf passa a desconfiar de que seu vizinho David Morse é um assassino em série e, para entregá-lo à polícia, vai precisar da ajuda de um amigo e de uma garota por quem se apaixonou (Sarah Roemer).

Em seguida, na quinta posição, aparece "Ela é Poderosa". Distribuído pela Universal Pictures, o filme adolescente que mistura comédia, drama e romance fez US$ 3,5 milhões em sua segunda semana - perdendo duas posições em relação à estréia. Estrelado por Jane Fonda, Lindsay Lohan e Felicity Huffman, a história fala sobre uma mãe que não consegue mais lidar com filha cheia de problemas. Esta vai morar com a avó, que, apesar de todas as regras impostas, acaba ensinando importantes lições à jovem.

"Um Crime de Mestre", thriller que traz Anthony Hopkins como o marido que confessa ter assassinado a esposa mas obriga o jovem advogado Willy Beachum (Ryan Gosling) a provar a culpa do acusado, arrecadou US$ 2,4 milhões. O filme continua na sexta posição e completou cinco semanas de exibição. Logo depois aparecem "Delta Farce" (US$ 1,8 milhão) em sétimo, "O Invisível" (US$ 1,3 milhão) em oitavo e "Hot Fuzz" (US$ 1,3 milhão) em nono.

A décima posição do ranking nesta semana traz o estreante "Waitress", que fez apenas US$ 1,1 milhão. Comédia romântica produzida pela independente Night and Day Pictures, o filme conta a história de uma jovem garçonete infeliz no casamento que descobre estar grávida. Mas a moça começa a ter alguma esperança na vida quando decide participar de um concurso de tortas, ao mesmo tempo em que se apaixona por rapaz novo na cidade.

De acordo com o Exhibitor Relations, os 12 filmes mais assistidos deste fim de semana na América do Norte representaram uma arrecadação de 172,9 milhões de dólares - uma cifra 11,6% acima da obtida no mesmo período do ano passado.

Conheça todos os resultados nas bilheterias.





Últimas Notícias


...mais notícias