siga-nos: | cadastre-se | login | contato

UM ENCONTRO COM SEU ÍDOLO

(Win a Date with Tad Hamilton!, EUA, 2004)




 Tiago Henrique de Melo em 12/09/2004
* Este filme no Brasil foi traduzido como "Um Encontro Com seu Ídolo!". Existem filmes que só de olhar para a capa dele na locadora você já consegue decifrar toda a história. "Um Encontro Com seu Ídolo!" (Win a Date With Ted Hamilton!, EUA, 2004) é um típico romance juvenil que usa e abusa de fórmulas batidas e personagens estereotipados para compor seu enredo. Basicamente eu só aluguei a fita pela presença da simpática Kate Bosworth como protagonista e Robert Luketic (do ótimo "Legalmente Loira") na direção da fita. A historinha é baba. Rosalee (Bosworth) é uma garota típica do interior dos EUA que tem como maior ídolo o astro de cinema Ted Hamilton (feito por Josh Duhamel), um galã jovem e que leva uma vida repleta de festas, bebidas e mulheres. Tentado melhorar a imagem de bad boy do rapaz, seus agentes resolvem criar um concurso beneficente onde uma ganhadora teria a chance de conhecer o ator pessoalmente. Rosalee (é lógico!) ganha o prêmio, para desespero de seu amigo Pete (Topher Grace), que nutre uma paixão platônica pela garota há anos. O gênero proposto é a comédia, mas "Um Encontro Com seu Ídolo!" abusa de piadas ultrapassadas e irritantes e não consegue fazer rir nem por um segundo sequer. Na verdade a fita tenta abordar vários assuntos, como as enormes diferenças entre a vida de uma metrópole em comparação com o interior, a falsa ideologia criada sobre um ídolo, a importância das coisas simples da vida; entre outros temas. Pena que o texto seja formulaico demais para tentar se aprofundar em qualquer assunto, criando assim uma aura de insipidez que permeia toda a fita. Nem a boa mão de Luketic foi capaz de dar mais vida a história, que por sua vez também não deixa de ser simpática. O elenco esforçado (Bosworth além de gatinha tem talento, Topher Grace apesar de abusar de caras e bocas é simpático e Josh Duhamel surpreende) consegue ao menos transformar o previsível triângulo amoroso em algo plausível e capaz de provocar certa empatia junto ao público. Previsível demais para o seu próprio bem, "Um Encontro Com seu Ídolo!" nunca abandona a fórmula hollywoodiana dos romances juvenis e abusa de clichês surrados. Vale considerar que pelo menos a fita não chega a irritar, os atores são simpáticos e o final feliz garante ao menos um sorrisinho no rosto dos espectadores. Mas vale lembrar também que isto não é o suficiente. Cotação: **1/2 (Razoável) Ousadia não faz mal a ninguém!