siga-nos: | cadastre-se | login | contato

XUXA E OS DUENDES

(Xuxa e os Duendes, Brasil, 2001)




 Felipe Araújo Lapa em 06/01/2005
Duendes Parte 1! Duendes, Parte 1 foi lançado no ano de 2001 e acabou tomando o mesmo rumo dos seus filmes anteriores como Requebra ( todo mundo saiu requebrando no filme sem mais ou menos) e PopStar ( uma referência ao mundo da moda e ao clássico Shakesperiano Romeu e Julieta, adivinhem quem é o Romeu ( Luigi Barichelli) e Julieta ( a nada felomenal Maria das Graças Meneghel, pois ela mesmo, Xuxa) e agora sua mais nova aventura foi ter entrado no mundo das fadas e dos duendes. Seguindo a linha de filmes da "rainha dos baixinhos" Xuxa convidou variados tipos de artistas tanto cantores e apresentadores ( temos a grande e notável presença do apresentador mais querido do homem do baú da felicidade "Gugu" Liberato), claro precisamos destacar as presenças do senhor e senhora Huck ( Luciano e Angélica), a Wanessa Camargo ( está totalmente diferente do que agora, a garotinha agora virou mulher), Guilherme Karan como o duende malvado ( a sua última participação no cinema foi no crássico Super Xuxa Contra Baixo Astral no papel título). Vamos ao que interessa, garotada, Kira ( Xuxa) é uma moça adorável, tímida que admira a natureza e além do mais acredita em fadas e duendes ( na época do lançamento, pura estratégia de marketing, ela falou que tinha visto um duende na casa dela mas na minha opinião deveria tê-lo convidado para jogar golfe, imaginem só que engraçado seria, pois se eu tivesse uma oportunidade encontrar e conversar persoalmente com o Papai Noel o convidaria para tomarmos uma xícara de chá com biscoitos e ainda eu iria perguntar sobre a minha Ferrari Vermelha conversível que pedi pra ele e ele não me atendeu e sabem uma pessoa bem crescida falar uma coisa deste tipo que viu duende, é sinal que esta pessoa não está boa da cabeça e é necessário a ajuda de um profissional e no ano seguinte tivemos que enfrentar outro crássico do cinema nacional Duendes 2: no caminho das fadas ( outro sucesso de marketing financeiro) mas voltando ao assunto, Kira percebe que a natureza se encontra em perigo contra a ameaça de um duende muito mal disfarçado de humano ( Guilherme Karan) e Kira entra em ação com ajuda de uma garotinha ( Debby) e claro de um bom homem ( Gugu Liberato) para entrar no maravilhoso mundo encantado das fadas, dos duendes e para acabar numa fantástica aparição do Rei ( não estou falando do rei Pelé), estou falando do maior, do inagualável, do imcomparável King Kong ( não perdem por esperar, a "fantástica" sátira de um duende gigante). E ao decorrer do filme percebemos a apariação de fadas ( Wanessa Camargo,Angélica, Ana Maria Braga) e dos duendes e uma lição de vida incrível. Agora, em relação aos outros filmes dela Abracadabra e em Busca do Tesouro ( no comments) mas existe um ditado bem claro e popular: "Gosto não se discute." Então fazer o quê? Cada pessoa tem o seu. Há coisas melhores para perder o seu tempo no cinema ou na televisão do que assistir um filme deste tipo como não estava com sono e não tinha nada de melhor na televisão fui assistindo-o até que os primeiros vinte minutos do filme parei de assisti-lo e peguei no sono. Cotação: *